[PT] Receba as actualizações no seu email :: [ENG] Subscribe to receive the updates
By Feedburner

2008/05/30

# 047

2008/05/29

anArchitecture

[PT] O Top 25 dos ranking “The Most Popular Architecture Blog's” (MoPo 2008), dado a conhecer pelo fantástico Eikongraphia (em breve referir-nos-emos a este blogue de uma forma mais detalhada), deixou de fora o blogue anArchitecture, ainda que o refira.
Contudo na nossa opinião, anArchitecture é definitivamente um dos nossos blogues de referência sobre arquitectura mundial. Desta forma parece-nos a altura mais correcta para o declararmos blogue do mês.
Desenvolvido pelo austríaco Christoph Wassmann desde Junho de 2003, este blogue dedica-se à arquitectura e pensamento arquitectónico. Recordamos frequentemente o texto sobre os concursos Europan e sobre o nosso sistema de estrelas "Ganha um estágio nos UnStudio" ou "O Proletariado da Arquitectura".
A não perder.

[ENG] The Top 25 rank of “the Most Popular Architecture Blog's” (MoPo 2008), revealed by the fantastic Eikongraphia (we will be back soon to this blog), left out anArchitecture, although referring to it.
However anArchitecture is definitely one of our favorites blogs about world wide architecture, and it seams to us this is the correct time to declare it blog of the month.
The Austrian Christoph Wassmann started anArchitecture in June of 2003 launching a blog dedicated to "architecture and architectural thinking". We do remember quite so often his posts about Europan competition or the posts about our star system's world "Win an Internship at UNSTUDIO" and "The Architecture Proletariat".
Don't miss this blog.

2008/05/28

Serviço Público

[PT] O Mais Gasolina é um directório interactivo de postos de abastecimento de Portugal, com a localização de vários postos, o preço actualizado dos combustíveis e outras informações úteis para quem anda na estrada.
Pode assim de uma forma simples através da navegação num mapa ou num directório de dístritos, concelhos e localidades encontrar um posto de abastecimento ou comparar preços para encontrar o posto mais barato da sua região.


[ENG] no english translation

2008/05/26

Conferência plano b, Beja



[PT]Os plano b, no dia 31 de Maio, vão estar em Beja a apresentar os seus trabalhos mais recentes.
31 Maio 17h, Conferência Plano B Arquitectura, com Francisco Freire
Sede do Núcleo do Baixo Alentejo da Ordem dos Arquitectos
Rua D. Manuel I, nº 30, Beja | e-mail: n.baixoalentejo@oasrs.org
[via site da OASRS]

[ENG] no english translation

2008/05/23

mirrorcities



[PT] De Tóquio a Lisboa. Cruzamento diários. Obrigado pelo aviso Sara.
[ENG] From Tokio to Lisbon. One daily photo. Thank you Sara.

[link]

2008/05/21

Código dos Contratos Públicos (conferência :: lecture)

[PT]
22 de Maio . 14:30 horas
Tektónica 2008 . FIL . Auditório 2
Inscrição gratuita

14h30 Recepção e entrega de documentação
14h45 Abertura dos trabalhos Chantal Florentino – directora da revista arte&construção
15h00 A arquitectura e o novo Código dos Contratos Públicos:
Os concursos de concepção vistos por quem concorre
Arquitecto Tiago Mota Saraiva, Ateliermob

15h25 O novo Código dos Contratos Públicos sob o prisma de um Engenheiro
Engenheiro Augusto Guedes, presidente da ANET - Associação Nacional dos Engenheiros Técnicos
15h50 Perguntas&Respostas
16h00 Coffee break
16h15 Abertura dos trabalhos Chantal Florentino – directora da revista arte&construção
16h20 O novo Código dos Contratos Públicos: a visão de uma construtora
Dr. José Manuel de Oliveira Antunes, director Jurídico do Grupo Edifer
16h45 O que deve saber sobre o novo Código dos Contratos Públicos Dr. Gonçalo Maia Camelo, advogado, Real Estate Department da Simmons&Simmons Rebelo de Sousa
17h10 Perguntas&Respostas
17h20 Encerramento Engenheiro Hipólito Ponce de Leão, presidente do InCI – Instituto da Construção e do Imobiliário Chantal Florentino – directora da revista arte&construção
(*) Programa provisório sujeito a alterações
[link]

[ENG] no english translation

2008/05/15

Dezeen

[PT] Marcus Fairs num post sobre o artigo da Time intitulado “The people and ideas behind today’s most influential design” - The Design 100, também faz referência ao nosso blogue.
[link]

[ENG] Marcus Fairs, in a post about Dezeen being on Time magazine’s guide to “The people and ideas behind today’s most influential design” - The Design 100, also references our blog.
[link]

ateliermob @ attitude



[PT] Um dos projectos #039, as eco-habitações, vêm publicadas na revista "Attitude" nº 21, como "Nova Arquitectura".

[ENG] One of #039 projects, the eco-housing, was published on "Attitude" nº 21, in "Hot Architecture" section.

2008/05/14

# 014 está à venda :: for sale



O nosso projecto #014, uma remodelação no centro de Lisboa, está à venda. Para mais informações contactar: houseforsale.pt@gmail.com

Our #014 (flat renewal), is for sale. For more informations, please email to: houseforsale.pt@gmail.com

2008/05/11

London Festival of Architecture


"Welcome to the London Festival of Architecture 2008, a celebration and exploration of the city's buildings, streets and spaces - with over 600 exhibitions, lectures, public space installations, guided walks, cycle rides, boat tours, parties, design workshops, debates and talks.
The buzz of activity over the month of the Festival will move across five key 'Hubs', with large-scale public events taking place in a different Hub each weekend.
This massive programme reflects the amazing vitality of London’s architectural scene. The theme of this year’s Festival is Fresh! – we are exhorting visitors to take a fresh look at London, to indulge in fresh thinking, to enjoy the fresh talent on show and the fresh air of the walks and rides.
With the Olympics on the horizon, the Festival celebrates London as a creative hub, a focus for international debate and as a city transformed.
I look forward to seeing you there.
Peter Murray, Director LFA 2008"


[link]

2008/05/09

Fado ou vergonha nacional? (II)

Câmara Municipal de Lisboa - Processos de licenciamento pendentes aumentam entre 2004 e 2007
Lusa via "Construir"
9 de Maio de 2008

O número de processos pendentes na Direcção Municipal de Gestão Urbanística aumentou de 2498, em 2004, para 3950, em 2007, embora os processos que deram entrada naquela direcção municipal tenham diminuído, de 5228, em 2004, para 4506, em 2007.
O relatório do grupo de trabalho para a reestruturação dos serviços de Urbanismo, criado após a sindicância àquele departamento, a que a Lusa teve acesso, revela que a percentagem do tempo da responsabilidade exclusiva da Câmara de Lisboa em cada fase de licenciamento de edificação varia entre 49% e 74%.
A situação é semelhante na Divisão de Equipamentos Públicos e Licenciamentos Especiais, em que houve um aumento dos processos pendentes, de 322, em 2004, para 751, em 2007, apesar de terem diminuído os processos que entraram, de 323, em 2004, para 300, em 2007.
Segundo avança a Lusa, o relatório recomenda a criação de um grupo de trabalho para a resolução dos processos pendentes nesta divisão. Esta "task force" seria composta por "elementos externos aos serviços ao abrigo de protocolos celebrados entre a autarquia, associações públicas profissionais (Ordem dos Arquitectos, Ordem dos Advogados) ou outras instituições de reconhecido mérito (Faculdades de Arquitectura, Instituto Superior Técnico)".
Na Direcção Municipal das Actividades Económicas, verifica-se um aumento tanto dos processos entrados como dos processos pendentes. Nesta direcção municipal estavam pendentes 4475 processos em 2005 e 5012 em 2007, enquanto que os processos a dar
entrada evoluíram de 797, em 2005, para 1111, em 2007.
Uma avaliação da "performance" da Direcção Municipal de Gestão Urbanística revela que as "taxas de execução" de processos resolvidos em relação a processos pendentes, por operação urbanística principal, diminuíram entre 2005 e 2007.
Uma alteração durante a execução de uma obra, por exemplo, tinha uma "taxa de execução" de 60% em 2005, e de cerca de 30% em 2007. Com base nos dados fornecidos pelo Gesturbe (aplicação informática dos serviços de Urbanismo), foi apurado o tempo médio para operações urbanísticas em edificação, tendo-se concluído que a percentagem do tempo da responsabilidade exclusiva da Câmara, em cada fase de licenciamento, varia entre 49%, no caso de uma reconstrução, e 74%, para uma demolição. Nas construções, 61% do tempo demorado é da responsabilidade da autarquia, nas alterações é de 60% e nas ampliações situa-se nos 58%.


[unfortunately this post is too Portuguese to be translated]

Fado ou vergonha nacional? (I) - Actualizado

O AspirinaLight, escreve um post magistral sobre o nosso triste fado colectivo: "Todo um manancial de pequenos nadas".
Pessoalmente, retenho o seguinte:
"O que me leva a entrar pelo campo da crítica arquitectónica, que, simplesmente, não existe. Existiu, em tempos, mas quedou-se na assimilação dos intervenientes pelo sistema reinante, ainda que esse tenha mudado de mãos entretanto."

[unfortunately this post is too Portuguese to be translated]

ACTUALIZAÇÃO:
É verdade que nem tudo é mau neste país. Veja-se, por exemplo, o rigor de análise e a seriedade que o José Mário Silva utiliza na sua crítica literária do Expresso: "A língua nómada"

2008/05/08

It's just a staircase...

2008/05/07

"Fora da realidade"

"Fora da Realidade" de Eduardo Pitta.
(via email da Ana)

[no english tranlation]

2008/05/05

adsense

A nossa relação com o adsense melhorou (graças ao Paulo), embora ainda continue em auto-gestão. Desde 6ª feira passada que criámos dois novos espaços de publicidade com imagens, tendo igualmente definido áreas de interesse. O adsense parece ignora-las e, provavelmente, está a adaptar o design da publicidade ao nosso (atente-se ao anúncio da Lexmark).

Our relationship with the adsense got better (thanks to Paulo), but it's still out of control. Since last friday we have put one new image banner under ateliermob and other on the left column over the RSS issue, and we have gave some references for the publishers. The adsense seams to ignore it, and it's probably managing the banners to look similar to our design, as Lexmark advertise.

Entregue :: Applied

2008/05/02

"How to be a Happy Architect"



"Happiness is not entering competitions"
1 May, 2008
By Marguerite Lazell - bdonline

Bauman Lyons director Irena Bauman gives her tips on how to be a happy architect in a new book.
A new book on how to find happiness as an architect has ignited the debate about the culture of competitions and awards in the profession.
In her book, How to be a Happy Architect, Bauman Lyons director Irena Bauman unveils a radical formula for wellbeing, revealing her firm will no longer enter for awards or for competitions that don’t pay, will not work on schemes more than two hours’ travel time from its office, and is growing vegetables in its car park.
The publication of the book follows criticism by HOK chairman Bill Valentine and RMJM chief executive Peter Morrison that many architects are predominantly driven by their egos.
Bauman said a core part of her argument was that architects failed to realise their true worth.
“Architects persistently offer their most precious asset, their creativity, free of charge in hope of winning competitions,” she said. “Our vanity makes it acceptable to produce large amounts of excellent work in return for the possibility, no matter how remote, of instant distinction, and maybe even fame.”
But Bauman’s advice for her fellow professionals received a less than ecstatic welcome.
Charles Holland, a director of Fat, said: “[the two-hour limit] would mean we wouldn’t have any jobs unless you count east Croydon, and that’s sometimes two hours away.
“It seems a little retrogressive. That view of a sense of place, genus loci, is slightly romanticised, and it ignores the contemporary reality of shared culture.”
Nevertheless, Holland expressed admiration for Bauman’s “brave” rejection of awards and questioned the reliance on contests.
But Moxon Architects’ director Ben Addy insisted competitions were an essential part of architectural happiness.
“Even if you’re not paid to enter a competition, you still enjoy it,” he said. “Even if it doesn’t go anywhere, the dialogue in the office is enjoyable. It’s a big part of why we exist as a practice. We like designing, we like drawing.”


How to be a Happy Architect
by Irena Bauman, is published by Black Dog Publishing, 192pp, £24.95.
[buy the book]