[PT] Receba as actualizações no seu email :: [ENG] Subscribe to receive the updates
By Feedburner

2007/11/08

MIT diz que Frank Gehry foi negligente ao desenhar edifício para a universidade

Público 08.11.2007, Isabel Salema

"Desta vez não é uma discussão com a direcção do Museu Guggenheim por causa de umas manchas que teimavam em deixar castanho o titânio usado para revestir a coqueluche de Bilbau. Desta vez Frank Gehry, um dos arquitectos mais conhecidos do mundo, foi processado pelo Instituto de Tecnologia do Massachusetts (MIT), em Cambridge, EUA. O MIT apresentou queixa num tribunal em Boston por causa de defeitos no desenho do Stata Center, um edifício de 200 milhões de euros inaugurado no campo universitário em 2004.
Os defeitos, escreveu anteontem o Boston Globe, "causaram infiltrações inesperadas, rachas na alvenaria, o crescimentos de fungos e entupimentos nos esgotos". A empresa de construção também foi processada.

O Stata Center é uma das obras de Gehry que segue o modelo formal do Guggenheim - um dos edifícios mais celebrados da última década -, com as paredes cheias de curvas, torções e ângulos inesperados, numa linguagem que se tornou a imagem de marca do arquitecto canadiano que trabalha em Los Angeles.
Ontem, numa resposta ao MIT, Gehry, que recebeu dez milhões de euros pelo projecto, diz que estes problemas são inevitáveis em edifícios complexos. "Estas coisas são complicadas e envolvem muita gente, nunca se percebe exactamente onde correram mal. Um edifício é uma montagem de 7000 milhões de peças. É pequena a hipótese de fazer alguma coisa sem entrar em conflito ou dar um mau passo", disse ao New York Times. "São questões pequenas. O MIT está atrás do nosso seguro."
O MIT é um dos líderes mundiais em ciência e tecnologia, a sua faculdade de arquitectura é a mais velha dos EUA e especialmente atenta às novas tecnologias. Tem uma longa tradição de encomendar edifícios a arquitectos conhecidos: há excursões para ver obras de Alvar Aalto, Eliel Saarienen, Steven Holl e, claro, Gehry."

0 comentários: