[PT] Receba as actualizações no seu email :: [ENG] Subscribe to receive the updates
By Feedburner

2007/08/29

Fabrico Próprio

De regresso. Esperamos que a divulgação deste "invento" ainda chegue a tempo:


Olá a todos,
apesar do Verão atípico deste ano, e das brigadas da ASAE, há uma coisa que não muda em muitas praias portuguesas: a venda, e o consumo, de Bolas de Berlim.
Com e sem creme, são uma parte fundamental de muitas memórias de infância, e de muitos dias de praia ainda hoje bem passados por todo o país.
Como parte do nosso projecto Fabrico Próprio, que nos tem levado a investigar, a provar e a catalogar a pastelaria semi-industrial portuguesa, queremos homenagear algumas das pessoas que mais admiramos, dentro do universo pasteleiro nacional: as vendedoras e vendedores de Bolas de Berlim.
Para tal, queremos incluir no nosso livro uma série de retratos destes corajosos indivíduos, que desafiam o calor, o sol, a areia quente e outros obstáculos – como frisbees, crateras na areia escondidas por toalhas e bolas de raquetes – para nos trazerem um dos maiores prazeres estivais de Portugal. Muitas destas pessoas são ainda parte integrante da história de cada praia, personagens que completam a nossa experiência balnear.
Queremos encontrar pelo menos 10 pessoas, de Moledo a Montegordo, que mereçam este destaque.
Mas antes queremos saber em que praias se vendem, quem vende as melhores, e quem é mais digno de atenção em cada praia.
Para tal, precisamos da vossa ajuda. Nas vossas praias habituais ou visitas ocasionais, certamente se lembram destas pessoas.
Queremos o máximo de detalhes que nos possam dar: os nomes das praias, e se possível também o nome dos vendedores, de forma a completarmos o nosso mapa da costa portuguesa em Bolas de Berlim.
Gostaríamos de ter toda esta informação até dia 7 de Setembro por isso pedimo-vos que sejam rápidos!
O site www.fabricoproprio.pt estará online ainda este mês, mas por enquanto podem sempre voltar à nossa página no Flickr http://www.flickr.com/photos/fabricoproprio/ e acompanhar os nossos progressos pasteleiros.

Pedrita + Frederico Duarte

0 comentários: