[PT] Receba as actualizações no seu email :: [ENG] Subscribe to receive the updates
By Feedburner

2006/10/31

blog da mob


Mais de duas mil pessoas frequentaram este blog durante o mês de Outubro.

2006/10/27

Cantinho da Paz


Os dois concursos entregues, levam-nos a que só possamos mostrar imagens dos poucos cantos do atelier, que não têm concursos.

Atelier Aberto


Surpreendente! Meia centena de colegas e estudantes a querer saber o que fazemos e como trabalhamos...

Actualização de links

Algum trabalho de actualização da coluna de links resulta na descoberta de sites em preparação de ateliers de jovens arquitectos portugueses (a.s* e posto9) e um italiano (modo). Três novos blogues; um português (morfoll), outro espanhol (trazas) e ainda um blog de moda, design e arquitectura (mocoloco).
Uma empresa de realização de 3d e imagem de Coimbra, a blackbox, bem como a famosa revista de arquitectura do Japão GA.
Por último, um atelier espanhol dos mas uno arquitectos e um projecto muito interessante resultante da associação de vários ateliers entre os quais do amigo Santi Cirugeda - one small project.

2006/10/17

®edesign - Fátima, Portugal

Às voltas com uma entrega

2006/10/14

Nu


A "Nu" é a revista dos estudantes de arquitectura da FCT da Universidade de Coimbra. Embora seja uma revista que tem tido inúmeras mudanças ao longo dos anos em virtude do percurso académico dos seus impulsionadores, tem mantido qualidade e regularidade invejáveis. Aqui fica o seu novo site.

Jobs

Actualizadas as ofertas de emprego na coluna da direita.

2006/10/11

Post retirado

(...)

2006/10/04

[a barriga de um arquitecto]

Nos últimos dias o nosso blog tem atingido a centena de visitantes diários. Esta situação deve-se à referência feita no blog [a barriga de um arquitecto], mestre dos blogues de arquitectura. Agradecemos e devolvemos.

2006/10/01

Alice (2005)


Alice, de Marco Martins é um filme sobre a nossa Lisboa - urbana, cosmopolita, ciclicamente apressada, metropolitana e azul. Mais cidade que outras representações cinéfilas, como a Lisboa de Wenders, e menos marginal que a Lisboa de Pedro Costa.
Alice não vale só pelo filme mas também pela música de Bernardo Sassetti. Através de um post do intruso, chegámos à banda sonora e à possibilidade de recordar alguns excertos.