[PT] Receba as actualizações no seu email :: [ENG] Subscribe to receive the updates
By Feedburner

2006/05/11

# ECDM [Em Cima da Mesa] 023 R. das Amoreiras

3 comentários:

Lourenço Ataíde Cordeiro said...

É muito inteligente essa opção por colocar as escadas e os elevadores fora do perímetro construído. A primeira vez que notei esse gesto foi num projecto da INNOCAD, publicado na A10 (não me lembro do número). Para além disso, gosto particularmente da fachada, simples, rigorosíssima, bastante feliz. A habitação colectiva de quarteirão não é muito dada a prodígios arquitectectónicos (quanto muito mais possível nos edifícios de gaveto), mas é sempre um desafio aliciante. Esta vossa pequena contribuição parece-me particularmente feliz.

MOB said...

Lourenço, fomos ver a que projecto te referias e de facto já tinha passado pelos nossos olhos. A solução das escadas fora da implantação, quase que é uma obrigação resultante das condicionantes deste projecto.
A estreiteza do lote, as pequenas áreas de construção e as condicionantes técnicas de segurança a que estamos obrigados no caso de elevadores e escadas estarem encerradas, remeteram-nos para esta solução, na qual se utiliza a tradicional (pelo menos em Lisboa) escada metálica nas traseiras como acesso principal.
Aquilo que temos estudado a partir desta tipologia, e que nos parece interessante destacar, é a necessidade e o cuidado com que têm de ser desenhados os espaços comuns de entrada e os espaços de jardim a tardoz.
Continuaremos a dar notícias do desenrolar do projecto.

Miguel Ángel said...

Esta imagen es muy interesante. Veo que la opción de colocar la escalera al exterior, como tu bien dices en el mensaje anterior, es el resultado de los condicionantes técnicos del proyecto. Este gesto además de responder a un condicionante funcional, permite aportar nuevas percepciones de los espacios comunes al usuario, y tratar los patios traseros tradicionales como zonas de uso y no como espacios residuales. Me gustaría ver publicado algo más sobre este proyecto. Creo que vale la pena. Enhorabuena¡¡¡